quinta-feira, 31 de outubro de 2013

20 pontos turísticos do Rio Grande do Sul que você não pode deixar de conhecer

Confiram abaixo uma seleção com os 20 pontos turísticos do Rio Grande do Sul que não se deve deixar de conhecer:

Pôr-do-sol do Guaíba



O pôr do sol do Guaíba, um dos mais famosos de todo o país, pode ser contemplado durante um chimarrão na Usina do Gasômetro, um passeio pelo Cais do Porto, uma caminhada pelo calçadão de Ipanema ou até mesmo flutuando no próprio lago com o famoso Cisne Branco – que realiza passeios pelas principais ilhas e happy hours a bordo. 

Entre os pontos turísticos mais visitados da capital dos gaúchos, ainda estão:
Casa de Cultura Mário Quintana – É  um dos centros culturais mais importantes do Brasil e está sediado no prédio do antigo Hotel Majestic, local onde o poeta gaúcho Mario Quintana morou entre os anos de 1968 e 1980. Por sua estrutura arquitetônica  (construída em estilo barroco no início do século) e agenda de atividades, recebe, mensalmente, a visita de mais de 40 mil pessoas. 

Catedral Metropolitana - Considerada um dos símbolos de Porto Alegre e motivo de orgulho da comunidade católica no estado, sua história está ligada à fundação e desenvolvimento da cidade, uma vez que fora criada para prestar assistência religiosa aos imigrantes açorianos. Arquitetada pelo professor italiano de Belas Artes, João Batista Giovenale, o templo caracteriza-se pelas linhas que revelam traços da Arte Renascentista.
Theatro São Pedro – O teatro foi fundado em 27 de junho de 1858. Ao passar dos anos, o local foi palco de peças e manifestações artísticas, sociais e políticas. 
Monumento Laçador- Localizado em frente ao antigo aeroporto Salgado Filho, o símbolo da capital dos gaúchos agora dispõe de uma área maior para os visitantes. O Laçador, de 1954, é um dos primeiros monumentos de Porto Alegre em homenagem à figura do gaúcho. Para escolher a peça houve um concurso estadual vencido pelo escultor pelotense Antônio Caringi. 

Parque da Santa Cruz, na cidade de Santa Cruz é um ponto turístico muito procurado e elogiado pelos visitantes, além de ser um local propício para a prática de rappel. O parque possui uma área verde e 12 hectares, onde erguem-se imponentes paredões compostos por três tipos de rocha com 60 milhões de anos: Basalto, Arenito e Buxito. Num dos paredões de arenito está esculpida uma figura de Cristo com 4 metros de altura. Na parte baixa, um anfiteatro com capacidade para 800 pessoas sentadas recebe atos místicos, artísticos e religiosos.
Na parte alta, sobre os paredões, encontra-se um cruzeiro de 20 metros de altura iluminado com neon, que pode ser visto de qualquer ponto da cidade e municípios vizinhos. Do alto do parque, é possível ter uma visão panorâmica da cidade de Santa Cruz do Sul, com o cinturão verde e o lago dourado ao fundo.
Um dos pontos mais bonitos e visitados da Serra gaúcha com certeza é a Cascata do Caracol,  na cidade turística de Canela, com 131m de queda. Quem deseja descer até a base da cascata pode se aventurar pelos 934 degraus e contemplar a vista mais de perto. 

Distante apenas 5Km de Canela, Gramado é considerada a cidade que mais atrai turistas para a serra. Por isso os pontos turísticos são diversos, mas elencamos, abaixo, os mais tradicionais:
Vale do Quilombo - É uma das mais belas vistas de Gramado. Com 850m de altitude o vale possui um mirante na Avenida das Hortênsias.

Igreja São Pedro - Inaugurada em 1942, a igreja de 46m de altura é toda de pedra basáltica e exibe arte nos vitrais com imagens sacras. É uma das maiores demonstrações de religiosidade da comunidade.

Palácio dos Festivais - Sede do Festival de Cinema de Gramado, no período do evento recebe artistas consagrados de diversos lugares do mundo que concorrem ao "Kikito".

Lago Negro - Com árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha, daí seu nome, suas águas são profundas e de um verde escuro carregado. Por toda sua margem existe um passeio florido, podendo-se andar a pé ou de bicicleta. Porém, a maior atração do lago são os pedalinhos.

Ainda na Serra, Nova Petrópolis costuma atrair muitos turistas durante a Festimalha – a maior feira de malhas do sul do Brasil. Quem visita a cidade não pode deixar de visitar dois lugares, o primeiro deles é o famoso Labirinto Verde e o segundo é oNinho das Águias, que tem uma visão de 270º da região e do Vale do Caí e é um ponto ideal para a prática do voo livre. 

Caxias do Sul é mais uma cidade da serra bastante procurada pelos turistas, principalmente na época da tradicional Festa da Uva. Quem vai à cidade não pode deixar de conhecer a Paróquia São Pelegrino, Considerada um dos maiores patrimônios artísticos da região. Construída em 1893, na arquitetura destacam-se o relógio da torre, a Estátua de bronze do Padre Giordani e o Memorial da Pedra Fundamental.


Réplica de Caxias do Sul é mais um ponto turístico e histórico muito legal de se visitar. O local conta com conjunto arquitetônico com 20 casas de madeira em homenagem ao centenário da colonização italiana. Reproduz a Catedral Diocesana e o coreto, além das principais avenidas e ruas de Caxias do Sul, conforme as características da época. Mediante reserva de grupos (15 ou 30 pessoas), o espetáculo som e luz convida o visitante a conhecer características, narrativas e músicas do início da colonização italiana na cidade.
Em Bento Gonçalves, a Capital Nacional do Vinho, o principal ponto turístico com certeza é o Vale dos Vinhedos, que é composto por montanhas cobertas de parreiras. O lugar abriga pequenas propriedades rurais que dividem espaço com vinícolas renomadas. Os vinhos produzidos no vale são os únicos do país a possuir o Selo de Indicação de Procedência, garantindo a origem dos vinhos finos.
 
Quem quiser visitar o litoral gaúcho, vai adorar conhecer o Parque da Guarita, em Torres. A cidade é considerada a mais bela praia do Estado, e o parque é um ponto turístico que não pode ficar para trás. A paisagem do lugar é composta por morros, lagos e faixa de praia preservados, com destaque para a Praia da Guarita. É possível praticar atividades esportivas, passeios e caminhadas em suas trilhas e escadarias, além disso passeios monitorados ocorrem de quarta a domingo.

Extraído de: Hagah

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Velocidade na Avenida Paulista cai para 50km/h

Escrito por Jerusa Rodrigues, do Estadão Conteúdo

Apesar da nova regra, não há radares de velocidade de via nem previsão de fiscalização

A velocidade máxima na Avenida Paulista será reduzida nesta segunda-feira, 28, de 60 km/h para 50 km/h. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a medida visa a "melhorar a segurança dos usuários mais vulneráveis do sistema viário, como pedestres e ciclistas, buscando a redução de acidentes e atropelamentos na área".
No entanto, não há radares de velocidade de via nem previsão de fiscalização.
Ainda de acordo com a CET, no ano passado houve 32 atropelamentos na avenida, de um total de 106 acidentes. Dos outros 74, dois foram com bicicletas. A companhia informou ainda que três pessoas morreram em 2012 e 122 ficaram feridas em acidentes ocorridos na via.
A redução da velocidade na Paulista tinha sido prometida em setembro pelo secretário dos Transportes, Jilmar Tatto. "Não é razoável uma avenida como a Paulista ter 60 km/h, até porque os cruzamentos não permitem isso", defendeu. "Todos os estudos dizem que, quanto mais você reduz a velocidade do carro, mais diminuem os acidentes."
A população diverge sobre a mudança. Os motoristas que se disseram favoráveis à medida acreditam que a redução vai contribuir para melhorar a segurança de pedestres e ciclistas. Mas há os que discordam, observando que a redução vai refletir nos corredores próximos, causando mais fila e piorando o índice de congestionamento.
Para a gerente administrativa, Siliane Ferrigo, de 33 anos, o trânsito na Paulista vai piorar. "Talvez melhore para o pedestre, mas se ele fizesse a sua parte, atravessando na faixa e respeitando o semáforo, acredito o resultado seria melhor do que com a redução de velocidade."
A artesã Nair Chiareti Prando, de 63 anos, favorável à redução, diz ser "melhor diminuir a velocidade permitida e andar, do que ficar nos 60 km/h e não andar, como ocorre hoje".
Para o administrador de empresas João Maia, de 49 anos, não vai fazer muita diferença para a Paulista, mas para as ruas próximas. "Vai causar congestionamento nas laterais."
O ourives Ary Conti, de 50 anos, gostou da mudança. "Acho bom esse limite, mas durante a semana você nem consegue chegar a essa velocidade. O problema é o motorista que costura os outros carros."
Já o jornaleiro Aguinaldo Rodrigues, de 37 anos, acredita que tudo vai piorar e que falta conscientização aos motoristas. "Com os carros andando mais devagar, vai travar tudo, aumentando o congestionamento. Em outros países, a velocidade é maior e o índice de acidentes, mais baixo."
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Prêmio elege os dez melhores aeroportos do mundo

Escrito pela Redação do Uol


1º lugar: Aeroporto de Changi (Cingapura) - Pela quarta vez, o terminal, que transportou mais de 50 milhões de pessoas em 2012, venceu a eleição promovida pela empresa de consultoria britânica Skytrax. Desde a criação do prêmio, em 1999, o aeroporto cingapuriano sempre esteve entre os três mais bem avaliados. Neste ano, mais de 12 milhões de usuários em 160 países responderam à pesquisa, que não distribui prêmios em dinheiro. Nenhum aeroporto brasileiro conseguiu um lugar entre os cem melhores do mundo.


2º lugar: Aeroporto de Incheon (Coreia do Sul) - Vencedor em 2009 e 2011, o aeroporto sul-coreano tem atrações inusitadas como cassino, campo de golfe, spa, dormitórios privativos, rinque de patinação no gelo e jardins internos. A unidade fica a 30 minutos de Seul, a capital do país, e recebeu, em 2012, mais de 38 milhões de passageiros. A pesquisa para eleger o melhor aeroporto do mundo é feita anualmente pela empresa de consultoria britânica Skytrax. Em 2012, o processo de apuração levou dez meses para ser concluído e foi realizado em 388 aeroportos do mundo inteiro.


3º lugar: Aeroporto de Schiphol (Holanda) - Primeiro vencedor da história do prêmio, em 1999, o aeroporto de Amsterdã é considerado o melhor de toda a Europa. O terminal intermediou o transporte de mais de 50 milhões de passageiros em 2012, números que fazem dele o quarto mais movimentado da Europa e 16º do mundo. O complexo tem sete pistas, de onde mais de 420 mil aeronaves pousaram ou decolaram em 2012.


4º lugar: Aeroporto de Hong Kong (China) - Maior vencedor do prêmio com oito conquistas. Pela primeira vez em 12 anos, o aeroporto ficou de fora de lista dos três melhores do mundo. A unidade oferece voos para 154 destinos em todo o mundo e tem dois terminais de embarque, que somam 66 portões. O terminal 1 de Hong Kong é o terceiro maior do mundo, com 846 mil metros quadrados.


5º lugar: Aeroporto de Pequim (China) - Com mais de 81 milhões de passageiros transportados em 2012, é o segundo mais movimentado do mundo, atrás apenas do aeroporto de Atlanta (EUA), que ficou na 48ª colocação e transportou 94 milhões de usuários naquele ano. Em 2008, por causa dos Jogos Olímpicos de Pequim, foi inaugurado o terceiro terminal da unidade, que tem 300 mil metros quadrados e é o segundo maior do mundo. Somente o terminal 1 do aeroporto de Dubai (Emirados Árabes Unidos), que tem 515 mil metros quadros, o supera.


6º lugar: Aeroporto de Munique (Alemanha) - Foi considerado pelos usuários o melhor aeroporto para se comer em todo o mundo. Os passageiros podem escolher entre 45 opções de restaurantes que exploram a culinária de países do mundo todo, inclusive as especialidades da Baviera, região onde o terminal está localizado. 39 quesitos, que vão desde a chegada ao aeroporto até o portão de desembarque, são analisados pela pesquisa da empresa de consultoria britânica Skytrax. Nenhum aeroporto brasileiro conseguiu um lugar entre os cem melhores do mundo.


7º lugar: Aeroporto de Zurique (Suíça) - Apesar de ter 60 anos, o aeroporto já passou por diversas ampliações e hoje conta com quatro pistas e cinco terminais. Teve o serviço de despacho e entrega de bagagens avaliado como o melhor do mundo pelos usuários. Em 2012, mais de 24 milhões de passageiros foram transportados no principal aeroporto da Suíça.


8º lugar: Aeroporto de Vancouver (Canadá) - Melhor aeroporto do continente americano, segundo a pesquisa. Manteve o oitavo lugar que já havia conquistado em 2012. Com três pistas e três terminais, movimentou quase 300 mil aeronaves e 17 milhões de passageiros em 2012.


9º lugar: Aeroporto de Haneda (Tóquio, Japão) - Subiu do 14º para o nono lugar na eleição deste ano. Foi considerado o melhor aeroporto para voos domésticos do mundo e também o mais limpo. Com 66 milhões de passageiros transportados em 2012, á o segundo mais movimentado da Ásia e o quarto do mundo. Tem quatro pistas e dois terminais.


10º lugar: Aeroporto de Heathrow (Inglaterra) - Alcançou seu melhor resultado e todas as edições da eleição. Foi considerado o melhor aeroporto para realizar compras pelos usuários. Emprega diretamente mais de 75 mil pessoas e 116 mil indiretamente. É o aeroporto que mais recebe passageiros estrangeiros no mundo e o mais movimentado da Europa, tendo transportado 70 milhões de passageiros em 2012.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Dicas de praias perfeitas no Rio de Janeiro

Escrito por Camila Sayuri, do iG São Paulo


Ao percorrer a orla fluminense, o viajante que sai em busca de cantinhos paradisíacos para se esticar na areia e se refrescar no mar não volta frustrado para casa. O Estado do Rio de Janeiro conta com praias onde é difícil não se encantar. Algumas têm acesso fácil de carro, enquanto em outras só é possível chegar por trilhas ou de barco.
Independentemente da localização, isoladas ou badaladas, selecionamos 11 praias que merecem uma visita. 

1. Praia do Farol (Arraial do Cabo)


Localizada na Ilha do Farol, a praia é considerada uma das joias de Arraial do Cabo. Afinal, difícil não se encantar por suas águas geladas de cor azulada e areia branquinha, emoldurada por dunas e morros verdes. Um estudo do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) a considerou a praia mais perfeita do Brasil. O acesso a ela, no entanto, só por barcos autorizados, já que a ilha é 
controlada pela Marinha.

2. Prainhas do Pontal (Arraial do Cabo)


Estas duas praias de areia bem branquinha, separadas por rochas, se tornam uma enseada só quando a maré está cheia. Suas águas têm tonalidade azul e são cristalinas como uma piscina, boas para quem quer mergulhar. Das areias, os banhistas têm vista para a
 Ilha do Farol. Para quem quiser visitá-las, o acesso é por uma escadaria íngreme a partir do Morro do Atalaia ou por barco.


3. Praia Azeda e Azedinha (Búzios)


Estas duas praias de águas límpidas de cor esverdeada como um limão (daí o nome Azeda) estão pertinho uma da outra. Suas águas são calminhas, boas para banho e mergulho. Cercadas por costões verdes, em suas estreitas faixas de areias brancas há barracas que abastecem os turistas com drinques e quitutes. O acesso à praia Azeda é por uma rua calçada a partir da Praia dos Ossos. No canto direito, há uma pequena trilha para a Azedinha.

4. Praia José Gonçalves (Búzios)


A pequena e bem-preservada praia de José Gonçalves fica dentro da Reserva Ecológica das Emerências. Suas ondas fortes atraem os surfistas para o local. A orla estreita é contornada por pedras escuras arredondadas e costões verdes. Para matar a fome dos banhistas há só a rústica barraca do Ranieri, que oferece deliciosos pratos à base de frutos do mar (destaque para as casquinhas de mexilhões).

5. Praia de Lopes Mendes (Ilha Grande)


Ilha Grande tem praias belíssimas, mas a grande queridinha dos turistas e moradores é Lopes Mendes. Pudera. Suas águas são cristalinas, com variações de tonalidades azul e verde, que ficam ainda mais vivas nos dias de sol. Ela é extensa, tem 3 km de areia fina, com amendoeiras na costa que oferecem sombra aos banhistas. Na alta temporada e feriados, ela fica um pouco mais movimentada e conta com alguns vendedores. No restante do ano, permanece tranquila. O acesso é por trilha, com cerca de duas horas de caminhada a partir da Vila de Abraão, ou, se preferir, por barcos.

6. Praia dos Dois Rios (Ilha Grande)


Em cada uma das extremidades desta praia de areia branca corre um riacho de água doce, daí o nome Dois Rios. Este belo local de mata preservada já abrigou o presídio Cândido Mendes, implodido em 1994, do qual restam apenas ruínas. Hoje, a praia conta com uma sede de estudos avançados da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

7. Praia de Antigos e Antiguinhos (Paraty)


O acesso até as praias de Antigos e Antiguinhos é difícil e não há barracas de praia por lá, quase sem sombrinha para se refrescar do calor. Mas, selvagens e isoladas, elas são lindas. Estas duas enseadas, cercadas por montanhas verdes, têm areia fofa e águas cristalinas. No canto direito de Antiguinhos passam riachos de água doce, bons para tirar o sal do corpo. Não dá para chegar a estes dois paraísos de carro. Para acessá-los, só por trilha, a partir da praia do Sono – outra enseada que também vale uma visita – ou de barco, saindo da praia do Meio ou de Laranjeiras.

8. Praia de Itacoatiara (Niterói)


A mais bela praia do litoral de NiteróiItacoatiara fica a cerca de 30 minutos do centro. Com acesso por uma única via, para chegar até a praia é preciso atravessar um condomínio residencial. Cercada por montanhas verdes, tem águas cristalinas e ondas altas para a alegria dos muitos surfistas que a frequentam. No canto direito, há uma piscina natural de águas calmas, ideais para os banhistas.

9. Praia de Ipanema (Rio de Janeiro)


Bastam alguns minutinhos na areia fofa para perceber que é impossível ficar indiferente à Ipanema, praia que inspirou e inspira artistas, onde tendências foram e são criadas. Nos seus 2,6 km de orla circulam patricinhas de corpos sarados, estrangeiros, gays e heteros solteiros, famílias, surfistas e amigos que se reúnem para bater uma bolinha. Ambulantes oferecem clássicos quitutes cariocas, como o mate, biscoitos Globo e o sacolé. O Posto 9 continua sendo ponto de encontro e point de paquera de Ipanema.

10. Prainha (Rio de Janeiro)


Na Barra da Tijuca, protegida pela Mata Atlântica, a Prainha tem 700 metros de extensão, cercada por dois morros verdes. Com boas ondas, é a praia preferida dos surfistas. Bem preservada, a natureza é seu grande chamariz.

11. Praia de Grumari (Rio de Janeiro)


Parte da mesma área de proteção ambiental da Prainha, Grumari é uma praia ampla, com 2,8 km de extensão, cercada por costões e morros com vegetação de restinga. O contraste entre o límpido mar azulado e a mata verde encantam, especialmente nos dias ensolaradas. Ondas entre um e três metros de altura atraem muitos surfistas, especialmente aos finais de semana. No canto esquerdo fica a praia de Abricó, frequentada por naturistas.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Confira imagens de como será o novo terminal do Aeroporto de Guarulhos


O Aeroporto de Guarulhos vai inaugurar seu novo terminal em maio/2014. Chamado de Terminal 3, este ocupará uma área de 192.000m², maior do que os Terminais 1, 2 e 4 juntos. Além disso, o espaço possuirá uma área comercial com cerca de 100 estabelecimentos, entre lojas, bares, lanchonetes, livrarias e restaurantes.

Confiram maiores detalhes no vídeo abaixo:





quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Viajantes necessitam de Wi-Fi, de preferência gratuito e rápido, enquanto viajam


Os viajantes vão estrada a fora com seus dispositivos móveis, tendo três perguntas essenciais:

1 - Haverá Wi-Fi?
2 - Quanto vai custar?
3 - Como ele vai funcionar?

Inclusive, a última questão é a que mais importa.

Hotéis, aeroportos e companhias aéreas estão lutando para permitir que os clientes se mantenham conectados em seus tablets e reuniões online com variados graus de performance. Embora os hoteleiros e autoridades dos aeroportos estejam lutando para isto há anos, as companhias aéreas ainda estão em processo de instalação do Wi-Fi em diversos aviões, enfrentado desafios.

Os viajantes que querem Wi-Fi "no ar" nem sempre podem ter a certeza de que o avião vai lhes oferecer isso no momento em que compram as passagens. Os preços para o serviço ainda estão evoluindo, e a qualidade da conexão não está nem perto do que as pessoas estão acostumadas.

"Não importa qual sistema é, nenhum deles está mostrando capacidade para atender a demanda dos usuários", disse Mary Kirby, editor-chefe da revista Airline Passenger Experience. "Já ouvi queixas de todos os sistemas".

Reconhecendo as dificuldades envolvidas em oferecer um bom serviço de internet em um avião que viaja a 500 milhas por hora, Ms. Kirby disse que as companhias aéreas e seus parceiros de conectividade precisam gerenciar melhor as expectativas dos clientes.

"É o tempo da indústria dizer 'Aqui está o que você pode esperar razoavelmente, e não é a mesma experiência que você tem em casa'", ela disse. "Um passageiro deve esperar ser possível acessar as Redes Sociais e checar o email. Mas não será possível enviar emails com arquivos muito grandes, e você não poderá transmitir vídeos".

Um novo site, Routehappy.com, ajuda os viajantes a encontrarem vôos que possuem Wi-Fi - informação que muitas companhias aéreas não revelam até a passagem ser reservada. A Routehappy permite que os viajantes busquem vôos em rotas específicas, como de Nova Iorque para São Francisco, em seguida classifica os resultados baseados em "fatores de felicidade", incluindo se o vôo oferece Wi-Fi gratuito.

Numa semana em meados de Abril, a Routehappy calculou que 24% dos vôos domésticos ofereciam Wi-Fi, 56% não ofereciam e 26% poderiam vir a oferecer. John Walton, diretor da Routehappy, disse que a categoria "talvez" reflita o fato de que as companhias aéreas estão ocupadas instalando suas tecnologias, então nem sempre é possível determinar com antecedência se um vôo vai oferecer o serviço e como ele funcionará.

"Você nunca saberá quantas pessoas vão usar o Wi-Fi ao mesmo tempo", Walton disse.

As companhias aéreas e provedores de Wi-Fi dizem que a demanda típica é de 5 a 10% dos passageiros, mas essa porcentagem é maior em vôos mais longos. Na Virgin America, que oferece Wi-Fi em todos os aviões, 20% dos passageiros ficam logados normalmente, e mais de um terço utiliza o Wi-Fi em rotas transcontinentais.

A maioria das operadoras usa um sistema fornecido pela Gogo, que se baseia numa rede de torres de celular terrestre para se comunicar com as aeronaves voando pelos Estados Unidos. O sistema da Gogo pode entregar uma internet com velocidade de 3.1 a 9.8 MPBS (megabites por segundo), geralmente bem mais lenta que uma conexão típica.

Buscando resolver estas limitações de velocidade, a Gogo e outros provedores de Wi-Fi estão se movendo em direção a sistemas baseados em satélite, capazes de oferecer uma internet mais rápida. Os satélites funcionam sobre o oceano também, permitindo que as operadoras ofereçam Wi-Fi para vôos internacionais.

A American Airlines tem Wi-Fi internacional em suas aeronaves Boeing 777-330ER, que voam entre Dallas e Nova Iorque e Londres, e entre Nova Iorque e São Paulo. A United Airlines também oferece Wi-Fi em alguns vôos internacionais, mas não especifica em quais percursos.

A Delta é considerada um dos líderes de Wi-Fi nos Estados Unidos, oferecendo serviços de Internet em mais de 800 aeronaves, incluindo jatos regionais. A American tem cerca de 450 aeronaves equipadas com Wi-Fi, a Southwest Airlines possui mais de 400 e a United, 50. A JetBlue planeja introduzir serviço de internet via satélite este ano, prometendo mais velocidade do que seus concorrentes oferecem - e, pelo menos, acesso gratuito ao Wi-Fi.

O custo de Wi-Fi em vôo permeia todo o mapa ainda, e as operadoras precisam descobrir quanto os clientes estão dispostos a pagar. A Southwest tem uma abordagem simples, cobrando US$8 para um dia inteiro de acesso ao Wi-Fi; outras companhias aéreas cobram taxas com base na duração do vôo, o tempo de conexão e o dispositivo. Pode custar somente US$2 para se conectar com um smartphone por 30 minutos, ou US$4,95 a US$21,95 em um vôo para laptop.

Mas alguns viajantes simplesmente não pagarão para acessar. "O que estamos analisando é a relutância em pagar", disse Kirby da revista Airline Passenger Experience, "que é fascinante, porque estes serviços tem um custo muito alto".

Os aeroportos e hotéis estão enfrentando uma situação similar. Dos 10 aeroportos mais movimentados nos Estados Unidos, aqueles em Los Angeles, Dallas/Fort Worth, Denver, São Francisco, Las Vegas, Phoenix e Charlotte, N.C., pelo menos alguns oferecem serviço gratuito de Wi-Fi.

Mas o trade-off pode ser sobrecarregado por redes que frustram os passageiros, razão pela qual o Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson Atlanta - o mais movimentado dos EUA - está atualizando sua infraestrutura antes de instalar Wi-Fi.

"Nosso sistema não foi construído para acomodar a quantidade de clientes que esperamos ter com esse acesso gratuito ao Wi-Fi", disse Myrna White, a porta-voz do aeroporto.

Reconhecendo o desafio dos aeroportos e outros locais públicos, a Comissão Federal de Comunicações está trabalhando para aumentar a quantidade de espectros não-licenciados disponíveis para Wi-Fi, que é como os passageiros em um terminal ocupado se conectam ao serviço de banda larga do aeroporto.

"O que propomos é proporcionar mais espaço nas aeronaves para acomodar o serviço de Wi-Fi", disse Julius P. Knapp, chefe do escritório de engenharia da Comissão. "Isso se traduz em velocidades mais rápidas de tráfego de dados e redução do congestionamento".

Wi-Fi gratuito, pelo menos para o serviço básico de Internet, também está se tornando necessidade em hotéis, especialmente nos hotéis não tão caros. De acordo com a American Hotel and Lodging Association, 23% da carga dos hotéis é usada para acesso à Internet nos quartos. 

Fonte: New York Times





sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Confira dicas de viagem para o Dia das Crianças

Escrito pela Redação da Folha de SP

Área de lazer para crianças no hotel Royal Palm Plaza, em Campinas
Área destinada a crianças no Summerville Beach Resort, em Porto de Galinhas (PE)

Pelo Brasil

Foz do Iguaçu
R$ 176
Diária por pessoa, mínimo de 2 noites no Rafain Palace Hotel (PR), com 2 refeições. Uma criança de até 10 anos não paga. Terá caça ao tesouro e teatro. Reservas: 0800-645-3400; rafainpalace.com.br
Península de Maraú
R$ 320
O casal por duas noites na Pousada Taipú de Fora (BA). Criança de até 10 anos não paga. Café da manhã e café da tarde inclusos. Reserva 0/xx/73/3258-6278;taipudefora.com.br
Goiânia
R$ 408
O casal por 2 noites no Vivence Suítes Hotel (GO), com café. Duas crianças com até 7 anos não pagam. Tem área de lazer com piscina. Reservas: 0/xx/62/3945-4000;vivencehoteis.com.br
Ilhéus
R$ 705
Três diárias para o casal no Cana Brava All Inclusive Resort (BA). Cortesia para duas crianças de até 12 anos. Tem atividades ecológicas e oficinas de reciclagem. Reservas: 0/xx/73/3269-8000; canabravaresort.com.br
Aracaju
R$ 920
Por pessoa, 3 noites no Prodigy Beach Resort Aracaju (SE), com café. Inclui aéreo. Crianças de até 12 anos pagam R$ 397 (o aéreo, cada uma). Na CVC: 0/xx/11/3003-9282; cvc.com.br
Fortaleza
R$ 1.645
Por pessoa. Três noites no Vila Galé Cumbuco (CE), all inclusive e aéreo. Na Submarino Viagens: submarinoviagens.com.br
Angra dos Reis
R$ 1.700
Duas noites para o casal no Portobello Resort & Safari (RJ), com pensão completa. Uma criança de até 6 anos não paga. Tem safári, bike, pônei e caiaque. Reservas: 0/xx/21/2789-8000; portobelloresort.com.br
Itapeva
R$ 1.725
Casal, 2 noites no Vale Suíço Resort (MG), all inclusive. Na suíte vip, duas crianças de até 11 não pagam. Reservas: 0/xx/11/5035-2300; valesuico.com.br
Porto de Galinhas
R$ 1.959
Por pessoa. Três noites no Summerville Beach Resort (PE), com café da manhã, transfer e aéreo. Crianças de até 12 anos não pagam. O resort tem clubinho infantil e oferece oficina de artesanato. Na Marsans Brasil: 0/xx/11/2163-6800; marsans.com.br
Natal
R$ 1.960
Sete noites no Pestana Natal (RN), all inclusive e translados. Preço por pessoa. Criança com até 12 anos não paga. Há área verde, atividades esportivas gincanas. Na Agaxtur: 0/xx/11/3067-0900; agaxtur.com.br
Praia do Santinho
R$ 2.635
Pacote para dois adultos e duas crianças até 11 anos por duas noites no Costão do Santinho Resort (SC). Inclui todas as refeições e o translado. Sem aéreo. Na Fly Tour Viagens: 0800-11-8687; flytourviagens.com.br
Itaipava
R$ 2.950
Preço para o casal por quatro noite no BomTempo Resort (RJ), com café e almoço inclusos. Criança de até 10 anos não paga. O resort possui um lago com pedalinho. Reservas 0/xx/24/2222-9922; bomtemporesort.com.br
Praia do Forte
R$ 3.000
Três noites, por pessoa, no Tivoli Ecoresort Praia do Forte (BA). Meia pensão. Em quarto quádruplo, cada criança paga R$ 441. O local tem brinquedoteca, parque aquático e teatro. Na Teresa Perez Tours: 0/xx/11/3799-4000; teresaperez.com.br
Rio Quente
R$ 4.216
Por pessoa, três noites no Giardino Suites (GO), com meia pensão. Aéreo incluso. Há atividades de recreação, sala de videogame, piscinas de água quente e corrente natural. Na Rio Quente Resorts: 0/xx/11/3512-4890; rioquenteresorts.com.br
EM SÃO PAULO
São Luiz do Paraitinga
R$ 400
O casal, duas noites na Fazenda Serra do Vale, com café. Criança de até 10 anos não paga. Tem passeio a cavalo, oficina de pão e pizza. Reservas: 0/xx/12/99111-4906;serradovale.com.br
Campinas
R$ 490
Diária por pessoa em apartamento duplo no hotel Royal Palm Plaza. Pensão completa. Duas crianças de até 11 anos, com os pais, não pagam. O hotel tem espaços de recreação com jogos eletrônicos, labirintos e parede de escalada. Reservas: 0/xx/19/2117-8002; www.royalpalm.com.br
Águas de São Pedro
R$600
O casal por 2 noites no Avenida Charme Hotel, com café da manhã, almoço, chá da tarde. Pacotes para crianças de 3 a 12 anos, custam R$ 140. Reservas 0/xx/19/3482-7900;avenidacharmehotel.com.br
Socorro
R$ 792
Preço para o casal por duas noite, no Grinberg`S Village Hotel. Crianças de até 6 anos têm cortesia e de 7 a 12 anos, pagam R$ 140. Equipe de recreação disponível sem custos. Reservas 0/xx/19/3895-2909; grinbergsvillagehotel.tur.br
Santos
R$ 876
O casal. Duas diárias no Parque Balneário Hotel, com café. No quarto quádruplo, duas crianças de até 8 anos não pagam. Há recreação com o tema "Terra do Nunca", área de games, piscina e cinema. Reservas: 0/xx/13/3285-6900; parquebalneario.com.br
São Pedro
R$ 900
O casal com todas as refeições inclusas no hotel Colina Verde. Crianças de 06 a 09 anos pagam R$ 240,00 e de 10 a 12 anos, a partir de R$ 300,00. Recreação com equipe de monitores; Reservas 0/xx/19/3481-9999; hotelcolinaverde.com.br
Itupeva
R$ 1.372
Valor por pessoa. Pacote de três noites no Quality Resort Itupeva, com café. O resort tem recreação, playground, salão de jogos, piscina infantil e quadras esportivas. Na Submarino Viagens: 0/xx/11/4003-9888; submarinoviagens.com.br
Atibaia
R$ 1.581
Três noites no Bourbon Atibaia Resort, por pessoa. Pensão completa. Com os pais, duas crianças de até 8 anos não pagam. Entre 9 e 11 anos há uma taxa de R$ 166 por dia. Oferece recreação, área esportiva, arborismo e trilha ecológica. Na Nascimento: 0800-774-1110; nascimento.com.br
Campos de Jordão
R$ 2002
2 noites para o casal, com café da manhã, almoço e jantar incluídos, no hotel Toriba. Crianças até 4 anos têm cortesia. De 5 a 10 anos, pagam R$ 480,40 pelo pacote. E acima de 10 anos, R$ 600,60; 0/xx/12/3668-5000; toriba.com.br
*
Hotéis que vão abrir exceções e receber crianças
R$ 900
Preço mínimo do pacote de duas noites na Pousada do Quilombo, em São Bento do Sapucaí (SP), para o casal. A unidade Vila, que normalmente veta crianças, aceitará maiores de 7. Inclui escalada indoor, caminhada e lazer. Reservas: 0/xx/12/3971-2686;pousadadoquilombo.com.br
R$ 1.160
A partir desse valor custa o pacote de duas noites no Lake Villas Charm Hotel, em Amparo (SP), com café. Só são aceitas a partir de 10 anos -não há recreação. Reservas: 0800-778-0808; lakevillas.com.br
R$ 1.610
O valor, para o casal, é válido para uma noite no Unique Garden, em Mairiporã (SP). Crianças de até 5 anos não pagam. A diária inclui recreação e passeios pelo resort. Reservas: 0/xx/11/4486-8700; uniquegarden.com.br


Extraído de: http://www1.folha.uol.com.br/turismo/2013/10/1350650-confira-19-pacotes-para-viajar-com-a-criancada.shtml